Pages

domingo, 23 de dezembro de 2012

Redução de marcha e conversão


Olá pessoal, bem neste post eu quero dar um dica que vai facilitar a vida das pessoas que estão tirando a Carteira de Habilitação aqui no Paraná, pois aqui é cobrado á redução de marcha para passar por lombadas ou fazer conversões em vias preferenciais, e esta manobra de redução deve ser realizada antes da passagem pela lombada ou fazer a curva independente do lado que foi solicitado a manobra, e a embreagem deve estar livre nestes dois casos ante de realizar a manobra.
Então é o seguinte, a redução de marcha funcionará da seguinte forma:  
  1. Dado o comando de virar.
  2. Verificado a sinalização de lombada ou o dispositivo, ou mesmo a Placa de PARE.
  3. Proceder na ordem a seguir:
Realizando reduções de marchas,  4ª - 3ª - 2ª -  Marcha:
1º           Parar de acelerar.
2º           Acionar o freio suave, diminuindo a velocidade do carro.
3º           Acionar a embreagem até o final.
4º           Realizar a redução da marcha desejada.
5º           Liberar a embreagem gradativamente e ir controlando a velocidade do carro com o freio e manter o carro em movimento.
6º          Realizar a manobra solicitada de conversão ou lombada.

Click na imagem para ampliar.

Então funcionará assim, quando for solicitado que você vire o carro em alguma rua, tanto a Direita ou Esquerda, e a via que você está seja a preferencial, será  necessário a redução de marcha, então basta verificar se tem sinalização de parada para você ou não, se estiver é só parar e começar do zero, e se não houver, deverá proceder da seguinte forma, diminuir a velocidade do carro usando o freio de pé, após realizar a redução da marcha na rua em que você está trafegando, liberar a embreagem do carro e tirar o pé do pedal também, e por ultimo fazer a curva como solicitado, controlando a velocidade do carro com freio e se necessário pode acelerar um pouco também, mas tome cuidado para não perder o controle da trajetória do carro na curva e tome cuidado para não fazer tudo junto, você deve executar um item de cada vez. 

Lembre-se que para virar a direita você deverá ir contornando o meio-fio, e se for a esquerda, cuidar para realizar a manobra aberta e em "L" para não invadir a contramão de direção da rua, observe o desenho acima, a linha azul com a trajetória a direita e a linha vermelha com a trajetória à esquerda. 

Se for passar por lombada, o procedimento é o mesmo, diminuir a velocidade do carro, após realizar a redução da marcha, liberar a embreagem do carro e tirar o pé do pedal de embreagem também, e passar a lombada e após isto acelerar desenvolvendo a velocidade e trocar para a marcha seguinte.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Baliza passo a passo.

Neste post eu vou passar o passo á passo da baliza realizada em protótipo nos padrões de exame do Detran Pr. 

A figura 1 mostra como é a marcação da baliza que aqui no Paraná funciona da seguente forma:
  • Tempo de 5 minuto, que inicia na linha verde onde se encontra o carro, e encerra após a manobra de ENTRADA e SAÍDA da vaga, cruzando a linha vermelha e permanecendo  entre ela e a amarela.
  • E 3 tentativas para colocar o carro com as 2 rodas do passageiro em cima da linha amarela pintada na vaga, entre os dois protótipos.
  • 6 metros de espaço da vaga.  
  • Manobra realizada apenas pelo lado direito.



Os pontos de referências citados aqui, podem ter uma adaptação para MAIS ou para MENOS, assim você pode ver uma referência melhor para fazer a sua manobra. Então a manobra funcionará assim:

  
- ENTRADA NA VAGA - 

Passo 01: - Entrada.
  1. Entrar no carro e regular o banco os espelhos retrovisores e colocar o cinto de segurança.
  2. Os espelhos retrovisores serão regulados da seguinte forma:

    1. Os espelhos externos devem ser regulado como usamos na rua mesmo, para enxergar tudo atrás do carro.
    2. O espelho interno deve ser regulada de tal forma que você veja da metade do vidro para o lado esquerdo atrás da sua cabeça. 





  3. Ligar o carro, engatar a 1ª marcha e ligar a seta para a direita e levar o carro até o protótipo da frente. 
  4. Encostar o carro com uma distância do espelho retrovisor direito mais "1 palmo" (20 cm) da lateral do protótipo.


 Passo 02: - Manobrando.
  1. Alinhar a coluna da porta do passageiro com o corte do protótipo, onde tem um circulo vermelho.
  2. Engatar a marcha ré, virar todo o volante para a direita e ligar a seta para a direita, e andar.


Passo 03: - Manobrando.
  1. Dar ré até o protótipo desaparecer no espelho retrovisor interno no canto do vidro, como mostra a flecha vermelha e parar o carro.
  2. Virar todo o volante para o lado esquerdo, ligar a seta a direita e andar até encaixar o carro na vaga.



Passo 04: - Dentro da vaga.
  1. Observar se o carro ficou bem posicionado na vaga pelos espelhos externos e pala frente do carro, como mostra as flechas pretas.
  2. Alinhar a direção, colocar a marcha em neutro e acionar o freio de mão, e desligar a seta. 
Dentro da vaga, a visão pelos retrovisores externos devem ficar próximo destas imagens abaixo, a primeira é o retrovisor da DIREITA  e a segunda é o retrovisor da ESQUERDA. Observe que não há necessidade de regular o espelho direito para ver o chão, pois você usa como referência a lateral do carro e a do protótipo. 




*** Estes 4 passos de entrada são os mais importantes, pois é deles que dependerá a posição do carro dentro da vaga, para que dê certo a manobra, você deverá seguir rigorosamente estes itens, pois a saída é mais tranquila. E dentro da vaga o carro deverá ficar posicionado parecido com o que está aí acima na figura 4, e mais abaixo do poste eu vou colocar a explicação de 2 possíveis erros também para que possa saber o que fazer caso isto ocorra.
*** Esta medidas podem ser alteradas para mais ou para menos dos pontos citados, é possível ser feito ajustes de acordo com o modelo de veículo utilizado, ficando a nível de teste o ajuste correto.


- SAÍDA DA VAGA - 

Passo 05: - Saída.
  1. Liberar o freio de mão, engatar a 1ª marcha, virar todo o volante para a esquerda, ligar seta á esquerda e movimentar o carro.

Passo 06 - No meio da saída.
  1. Parar o carro, alinhando a lanterna do protótipo no meio da janela do passageiro como mostra a flecha preta.
  2. Virar todo o volante para a direita, ligar a seta para a esquerda e seguir.

Passo 07: - Fora da vaga.
  1. Para o carro quando ele ficar reto, virar 2 voltas no volante, desligar a seta, seguir em frente até passar as 4 rodas do carro pela linha vermelha e parar.
  2. O carro deve ficar entre a linha vermelha e amarela.
  3. Engatar a marcha ré, e levar o carro atrás da linha verde, onde a flecha traceja indica.
  4. Parar o carro, acionar o freio de mão, colocar a marcha no neutro e deligar o motor.




Cuidar para deixar este espaço entre o carro e o protótipo e ir olhando para não aumentar muito ou diminuir para não ter perigo de bater nem no protótipo  aqui do lado direito e nem no cone do lado esquerdo.




Vejam este vídeo que é feito a baliza de acordo com o explicado aqui.



POSSÍVEIS ERROS QUE PODEM ACONTECER.

CASO 01: - A roda traseira encostou no meio fio.
  1. Parar o carro e virar todo o volante para a direita.
  2. Engatar a 1ª marcha, seta para a direita e seguir até alinhar a frente, cuidando para não bater.
  3. Se o espaço não for suficiente, parar, virar o volante a esquerda, engatar a ré, andar até alinhar o carro.

Este vídeo explica a situação acima.



CASO 02: - A traseira do carro ficou para fora.


Esta é  uma situação um pouco mais difícil, pois o carro pode bater atrás no protótipo, então requer um pouco mais de cuidado e atenção ao espelho retrovisor do lado direito. Então vou explicar a vocês o que fazer:

  • Alinhar a direção do carro, engatar a 1ª marcha e ir para frente devagar e virando levemente para a esquerda, para tentar alinhar a traseira.

Se necessário: 
  • Parar o carro, virar todo o volante para a direita, engatar marcha ré e andar até a lateral do protótipo desaparecer completamente no retrovisor direito e parar, virar todo o volante para a esquerda e ir para traz alinhando a frente do carro, tomando cuidado para não bater atrás.

E lembre-se que você deve manter um controle da embreagem e freio com acelerador, então mantenha sempre o pé no pedal da embreagem, não abandone ela pois você não vai controlar o carro se soltar ela toda, e ande devagar com o carro para não perder as marcas de referência que são a distância do protótipo, o alinhamento da coluna e o esconder o protótipo no espelho interno.

Segue um Game para se divertir neste link: Simulador de baliza.  Baliza

Aqui está um link para que você possa fazer o download deste material, está em word no modo compatibilidade, é só baixar e imprimir.
Clic aqui para baixar em DOC.
Download do post.

  Pessoal, este post explica a baliza para o exame prático, e realizado em vaga com protótipos, e este modelo não necessariamente vai dar certo a ora que você for estacionar na rua, pois, exitem muitas variáveis a serem consideradas para isto, como por exemplo: o tamanho da vaga, o tamanho do seu carro, os veículos aos quais você vai estacionar, tipo estacionar um carro popular entre dois utilitários, entre outras situações, tudo isto vai influenciar na manobra da baliza, e o que fazer para isto então? Treinar! É a única forma de pegar o jeito. 

domingo, 9 de dezembro de 2012

Trajetória do carro.

Olá pessoal, neste post, vou passar para vocês uma situação que é muito comum para quem está iniciando as aulas práticas ou começando a dirigir o carro ou que ainda não entendeu como funciona o carro quando você está afim de manobrar ele em algum lugar. As manobras são realizadas em 1ª Marcha ou na RÉ, e são estas as duas marchas que se usa quando o carro está parado.

Bem, para começar a falar sobre este assunto, eu vou anexar um desenho esquemático logo abaixo que mostra a parte da direção e rodas do carro, e ela servirá de base para o nosso entendimento.

Observe na figura acima: 
CASO 1 = O carro em 1ª MARCHA com o volante virado tanto para à direita, quanto à esquerda, como ficam as rodas, e ás flechas vermelhas apontando a trajetória que o carro terá.

CASO 2 = O carro em MARCHA RÉ com o volante virado tanto para à direita, quanto à esquerda, como ficam as rodas, e ás flechas amarelas apontando a trajetória que o carro terá.

Quando você for manobrar o carro, o primeiro cuidado a ser tomado e analisar se será feito em 1ª marcha ou na RÉ, e depois analisar para qual lado irá virar o volante, de acordo com o necessário. O segundo cuidado é o seguinte, quando for manobrar de RÉ, você deverá pensar que a parte de trás neste momento, se tornou á "FRENTE", e o volante deve ser virado para o lado que quer colocar o carro. Exemplo: Por o carro em uma vaga de estacionamento de shopping de ré: dependendo o jeito que você colocou o carro para manobrar, terá o lado certo para virar. 

Observe a figura abaixo:
Exemplo, o carro 2 quer estacionar de RÉ na vaga E, então o motorista deve virar o volante pro mesmo lado que está a vaga, ou seja, o lado ESQUERDO, engatar a marcha RÉ e colocar o carro na vaga.
Assim também ocorre com o carro 1, se o motorista quer estacionar na vaga E, ele deverá engatar a RÉ e virar o volante pro lado DIREITO, pois é o lado que se encontra a vaga.





A manobra em marcha RÉ necessita que a pessoa que não têm experiência ainda, pare e pense um pouco para não sair batendo em outros carros ou ralando em coluna ou muretas, e que também faça um bom uso dos espelhos retrovisores, pois eles desempenham um papel fundamental na realização da manobra, então é só ir devagar, pensar um pouco e olhar os espelhos retrovisores que tudo dará certo.

E uma dica simples e muito útil na hora de você manobra o carro ou andar com ele em marcha ré, é entender que neste momento que você está andando de ré, a "traseira" do carro neste momento virou á frente, observe a figura acima, o carro 1 tem a dianteira e a traseira, porém na ré devemos inverter esta posição, e isto tem que estar na sua mente e no que tem que fazer no volante virando ele para o lado correto, e ficará muito mais simples manter a trajetória do carro ou manobrar sem bater, ou até mesmo coloca-lo em um local que deseja. 


terça-feira, 27 de novembro de 2012

Sites úteis!



Segue em anexo o link de alguns sites de interesse público para quem quiser obter algum conhecimento específico.

Parcelamento de Seguro Obrigatório para  Motos, Ônibus, Micro-ônibus e Vans:
Consultas de multas para o Paraná:

Departamento Nacional de Trânsito, para visualizar resoluções, O CTB entre outros:

Simulado do Detran Paraná:

Detran Paraná, para verificar informações sobre licenciamento de veículo, pontos na carteira, ipva, entre outras informações relativas a condutores e veículos do estado do Paraná:

Secretaria de urbanismo de Curitiba, você poderá obter informação de trânsito, obras, horários de ônibus, reclamações de assuntos do trânsito, como semáforo com defeito, falta de sinalização, entre outras situações:

Setran, nosso famoso estar, aqui você encontra informação sobre este órgão e sua função:
http://setran.curitiba.pr.gov.br/

Este é um site que fala sobre um seguro de acidente para os Usuários do transporte coletivo de Curitiba.
http://www.osegbus.com.br/principal/index.php

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Exame de moto, pista de Curitiba.


Modelo da pista de exame de moto - Detran - Curitiba 

Art. 20. Constituem faltas, no Exame de Direção Veicular, para obtenção da categoria “A”:

I – Faltas Eliminatórias:
a) iniciar a prova sem estar com o capacete devidamente ajustado à cabeça ou sem viseira ou óculos de proteção;
b) descumprir o percurso preestabelecido;
c) derrubar um ou mais cones de balizamento;
d) cair do veículo, durante a prova;
e) não manter equilíbrio na prancha, saindo lateralmente da mesma;
f) avançar a parada obrigatória;
g) colocar o(s) pé(s) no chão, com o veículo em movimento;
h) provocar acidente durante a realização do exame.

II – Faltas Graves: 03 Pontos
a) deixar de colocar um pé no chão e o outro no freio ao parar o veículo;
b) invadir qualquer faixa durante o percurso;
c) fazer incorretamente a sinalização ou deixar de fazê-la;
d) fazer o percurso com o farol apagado;
e) cometer qualquer outra infração de trânsito de natureza gravíssima ou grave.

III – Faltas Médias: 02 Pontos
a) utilizar incorretamente os equipamentos;
b) engrenar ou utilizar marchas inadequadas durante o percurso;
c) não recolher o pedal de partida ou o suporte do veículo, antes de iniciar o percurso.
d) interromper o funcionamento do motor sem justa razão, após o início da prova;
e) conduzir o veículo durante o exame sem segurar o guidom com ambas as mãos, salvo eventualmente para indicação de manobras;
f) cometer qualquer outra infração de trânsito de natureza média.

IV – Faltas Leves: 01 Pontos
a) colocar o motor em funcionamento, quando já engrenado;
b) conduzir o veículo provocando movimento irregular no mesmo sem motivo justificado;
c) regular os espelhos retrovisores durante o percurso do exame;
d) cometer qualquer outra infração de trânsito de natureza leve.


Neste link você pode baixar esta pagina e imprimir:
https://sites.google.com/site/euestoudirigindo/home/download/Pista%20de%20moto.doc?attredirects=0&d=1

Aqui vai alguns vídeo de pessoas fazendo o exame:







domingo, 21 de outubro de 2012

Sinalização da via.

   Olá pessoal que está na rua com suas aula práticas em andamento ou que já estão dirigindo aí pelas ruas deste Brasil, o conhecimento de hoje é sobre as placas que encontramos nos cruzamentos das vias, que são PARE e DÊ A PREFERÊNCIA.



   Está é uma sinalização de PARADA OBRIGATÓRIA, e a desobediência resulta em multa gravíssima de R$191,54 e 7 pontos na carteira, além do risco de provocar um acidente e ser o culpado do mesmo, então o que devemos fazer é, parar o carro, colocar à 1ª marcha e seguir para o nosso destino. E quando for para realizar a parada do carro, nada de ir colocando a 1ª marcha antes de parar completamente o carro, pois o correto é realizar este procedimento na marcha que você estiver, independente de qual seja, usando apenas o freio e a embreagem e pronto.

   A outra placa utilizada nos cruzamento é à DÊ A PREFERÊNCIA, porém esta placa indica que a rua transversal a sua é a preferencial, e não a rua que você está, como as pessoas normalmente pensam, que o direito é delas.



   Porém em se tratando de exame prático para obter a carteira de motorista, o correto é parar nesta placa, como ocorre na PARADA OBRIGATÓRIA citada acima, e a desobediência resulta em reprovação do aluno, mas o que acontece com esta placa é que você pode apenas diminuir a velocidade do carro e olhar e se o transito estiver livre, você pode seguir sem ter a necessidade de parar completamente o carro, mas lembre-se que se este ato resultar em um acidente, a culpa será toda sua pois invadiu a via que tinha direito de passagem.

   Agora o interessante é saber o porquê estas 2 placas têm este formato diferente! Elas são assim para que o motorista possa identificar estando longe e também se o motorista notar que está faltando placa em um lado da rua, ou a vegetação está impedindo a visualização da placa, e a outra que está do outro lado do cruzamento possa fazer o mesmo efeito, ou seja, a figura acima mostra 1 única placa, mas o correto é na casa azul ter uma placa também, pois é a mesma rua, e o correto é ter uma placa para quem vai e quem vem na mesma rua.



  Note nesta imagem a cima as flechas amarelas, indicando as placas de PARE, e vejam como fica difícil enxergar a placa que está de fundos, mas é um cuidado que sempre devemos ter, ver se têm placa de PARE ou DÊ A PREFERÊNCIA nas laterais da rua como mostra a figura acima. Por isto que estas duas placas são tão importantes e têm estes formatos, para serem identificadas assim, de frente e de fundos.



Agora é só por em pratica mais este conhecimento e tomar cuidado na rua quando estiver dirigindo.


sábado, 22 de setembro de 2012

Controle de volante na ora de virar.

  Bem, vamos ver agora uma técnica que facilita na ora de fazer conversões, ou melhor, desfazer a curva, pois tem muita gente que tem dificuldade de desfazer o giro feito no volante após a curva, as mão se  embaraçam e vira uma bagunça só.



  Na hora em que você vai virar o volante na curva, as mão devem ficar por fora do volante, pois fica mais fácil de controlar a trajetória do carro, porém a hora de desvirar, com as mãos assim também fica bem fácil desvirar. Esta dica também ajuda muito no caso do carro com direção hidráulica. 

  Veja no vídeo abaixo á explicação de como posicionar a mão, que pode ser a direita ou esquerda, e a mão que não for usar, você deixa próxima ao volante para segurar assim que terminar de virar ou desvirar o volante. Um cuidado especial, é não sentar no banco com o encosto muito reto e próximo do volante, pois assim você ficará sem espaço para mover o braço na hora de girar o volante, então o ideal é deixar o encosto mais inclinado para que o braço fique levemente fletido na altura do cotovelo, e ai você terá espaço para manipular o volante tranquilamente, então nada de ficar com o tórax grudado no volante.


  Agora neste vídeo abaixo está o exemplo de como é feito, e esta forma de virar também é bem útil para realizar manobras como baliza, manobrar em garagem, etc, porém em veículos equipados com direção hidráulica, pois a direção manual requer uma força maior no braço que manipula o volante.



  Pessoal, como muita gente sabe que o correto é virar sempre com as duas mãos no volante, eu quero deixar claro aqui que a ideia de virar e desvirar o volante assim, é para manobras de baixa velocidade, como baliza, garagem, entre outras situações semelhante, e é claro que uma curva que você venha a fazer a 60km/H será impossível virar assim o volante, então reforço, manobras e curvas de baixa velocidade.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Posicionamento dos pés nos pedais.

  Bem, vou explicar a vocês agora os cuidados que deveram ter com os pés para poder controlar o pedal da embreagem, e também o pedal do freio e acelerador. O mal posicionamento dos pés na hora de dirigir acaba atrapalhando o aprendizado e deixando a pessoa mais insegura, e por consequência o carro morrer.

 Aqui abaixo, veremos dois vídeos explicando o jeito certo de usar os pés nos comandos, porém uma musculatura bem relaxada das pernas vai ajudar bastante no domínio dos pedais, por isto, recomendo relaxar bem o corpo a hora de dirigir, pois o carro para ser conduzido bem, não precisa de força física do condutor e sim de habilidade para realizar os comandos necessários, vejamos:


  Este cuidado com o pé da embreagem é de extrema importância, pois se você perceber que o carro vai "morrer", terá facilidade em acionar a embreagem novamente. Agora veremos os pedais de freio e acelerador:


  Mantendo os pés desta forma, você terá domínio total do carro e facilidade para usar os pedais, porém é importante lembrar que para isto é necessário deixar os joelhos afastados, tem que ficar sentado á vontade no banco com as pernas abertas, como o homem senta. Veja a forma com que o homem fica sentado, observe os joelhos, como eles ficam soltos de tal forma que é fácil movimentar as pernas:



Agora observe como as mulheres sentam, e veja se tem como movimentar as pernas com facilidade:


 Agora comparem, ou melhor, vá até o carro e sente no banco e experimentem ambos os caso para ver qual postura é a melhor para manipular com facilidade os pedais. Eu recomendo a postura da imagem do homem, pois as pernas ficam mais a vontade, e com isto tem mais flexibilidade e controle motor do corpo melhor.

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Como colocar o carro em movimento.

Esta manobra é conhecida também como "arrancar com o veículo", bem para facilitar a vida das pessoas que estão iniciando agora neste novo mundo, que é dirigir, vou passar algumas dicas sobre esta manobra que é o inicio de tudo, por o carro em movimento, sair da inércia e fazer o carro se movimentar sem que ele apague o motor, ou saia as solavancos. As explicações à seguir, são formas de arrancar com o carro, e as marchar utilizadas nesta manobra é a 1ª marcha ou a ré.

Vamos começar a falar deste assunto inicialmente por geografia! Pois ela nos ajuda muito na hora de sair com o carro, então vamos pensar em 3 situações de geografia da superfície, temos então: Subidas, Plano, Descidas,  e as cores vão representar a dificuldade de cada caso, e vou explicar cada caso à vocês individualmente.


  • ACLIVE / SUBIDA: Este é o caso mais difícil, pois você dependerá da embreagem do carro, ou do domínio dos pedais, acelerador e embreagem em conjunto, e poderá ser realizada em 1ª marcha ou Ré. Então vou explicas 3 formas de realizar esta façanha:

  • Uso de Meia embreagem - Engatar a marcha que pode ser a 1ª ou ré, ir soltando o pedal da embreagem até sentir o carro ter uma leve trepidação, liberar o freio e ver se o carro fica parado ou começa a andar a direção que você deseja, caso isto não ocorra, é só liberar mais um pouco a embreagem, e ir experimentando até encontrar o ponto certo.
*** Este controle só funciona em carros com motor 1.0 e que sejam leve, pois se for um carro muito grande e pesado, deverá ser feito pelo método a seguir.


  • Controle de embreagem - Engatar a marcha que pode ser a 1ª ou ré, ai você terá que soltar rápido o pedal do freio e acelerar soltando simultaneamente o pedal da embreagem, tem que ser tudo muito rápido e sincronizado, para que você não deixe o carro ir na direção indesejada, e mantenha ele parado ou seguindo a direção que você quer. 
*** Este é o controle que terá de ser feito em um carro maior e mais potente com motores 1.4, 1.6 entre outros, e carros com sistema de alimentação à carburador. Sugiro treinar em um local plano antes, e no final do post terá um vídeo explicando como será feito.




  • Controle duplo de freio e acelerador - Este caso depende do seu pé direito segurando o freio e o acelerador ao mesmo tempo, ai você vai liberando a embreagem e quando perceber que o carro quer andar, você libera o freio e fica só no controle da aceleração e embreagem, a imagem abaixo mostra o jeito de posicionar o pé nos pedais do freio e acelerador e o vídeo explica como fazer.






  • DECLIVE / DESCIDA:  Este é o caso mais simples e fácil, pois você prepara o caro, engata a marcha e libera o freio e o carro já sai na direção que precisa.

  • PLANO: Esta situação é tranquila também, pois o chão irá deixar o carro parado e ele não vai nem para trás ou frente, ai é só ir tirando o pé da embreagem e ir acelerando junto, e o carro vai andar.


Este vídeo abaixo mostra todos os casos já visto acima, porém a imagem ficou um pouco escura na hora do upload, mas é possível entender bem o que deve ser feito.

video

sábado, 18 de agosto de 2012

O exame Prático Categorias B, C, D, E.



O exame prático é realizado da seguinte forma:

1 - Realização de manobra de baliza - Tempo de 5 minutos e 3 tentativas.
2 - Percurso de rua e estacionamento em via.

O candidato à habilitação, não poderá cometer faltas que extrapolem 3 pontos negativos, e ele será avaliado com base na Resolução 168/04 e 285/08. Abaixo está as faltas mais comum realizadas pelos candidatos na hora de sua avaliação.

Resolução 168/04
Art. 19 . Constituem faltas no Exame de Direção Veicular, para veículos das categorias “B”, “C”, “D” e “E”:

I – Faltas Eliminatórias:
a) desobedecer à sinalização semafórica e de parada obrigatória;
b) avançar sobre o meio fio;
c) não colocar o veículo na área balizada, em no máximo três tentativas, no tempo estabelecido;
d) avançar sobre o balizamento demarcado quando do estacionamento do veículo na vaga;
e) transitar em contramão de direção;
f) não completar a realização de todas as etapas do exame;
g) avançar a via preferencial;
h) provocar acidente durante a realização do exame;
i) exceder a velocidade regulamentada para a via;
j) cometer qualquer outra infração de trânsito de natureza gravíssima.

II – Faltas Graves: 03 PONTOS.
a) desobedecer a sinalização da via, ou ao agente da autoridade de trânsito;
b) não observar as regras de ultrapassagem ou de mudança de direção;
c) não dar preferência de passagem ao pedestre que estiver atravessando a via transversal para onde se dirige o veículo, ou ainda quando o pedestre não haja concluído a travessia, mesmo que ocorra sinal verde para o veículo ;
d) manter a porta do veículo aberta ou semi-aberta durante o percurso da prova ou parte dele;
e) não sinalizar com antecedência a manobra pretendida ou sinalizá-la incorretamente;
f) não usar devidamente o cinto de segurança;
g) perder o controle da direção do veículo em movimento;
h) cometer qualquer outra infração de trânsito de natureza grave.

III – Faltas Médias: 02 PONTOS.
a) executar o percurso da prova, no todo ou parte dele, sem estar o freio de mão inteiramente livre;
b) trafegar em velocidade inadequada para as condições adversas do local, da circulação, do veículo e do clima;
c) interromper o funcionamento do motor, sem justa razão, após o início da prova;
d) fazer conversão incorretamente;
e) usar buzina sem necessidade ou em local proibido;
f) desengrenar o veículo nos declives;
g) colocar o veículo em movimento, sem observar as cautelas necessárias;
h) usar o pedal da embreagem, antes de usar o pedal de freio nas frenagens;
i) entrar nas curvas com a engrenagem de tração do veículo em ponto neutro;
j) engrenar ou utilizar as marchas de maneira incorreta, durante o percurso;
k) cometer qualquer outra infração de trânsito de natureza média.

IV – Faltas Leves: 01 PONTO.
a) provocar movimentos irregulares no veículo, sem motivo justificado;
b) ajustar incorretamente o banco de veículo destinado ao condutor;
c) não ajustar devidamente os espelhos retrovisores;
d) apoiar o pé no pedal da embreagem com o veículo engrenado e em movimento;
e) utilizar ou Interpretar incorretamente os instrumentos do painel do veículo;
f) dar partida ao veículo com a engrenagem de tração ligada;
g) tentar movimentar o veículo com a engrenagem de tração em ponto neutro;
j) engrenar ou utilizar as marchas de maneira incorreta, durante o percurso;
k) cometer qualquer outra infração de trânsito de natureza média.

sábado, 11 de agosto de 2012

De quem é a preferência?

Uma dúvida muito comum que as pessoas têm, é a hora que elas precisam fazer uma conversão à esquerda, elas se perdem e não sabem de quem é a vez, se confundem com quem têm o direito de passagem e acabam se perdendo por completo, veremos como funciona esta situação á seguir:

1º CASO: O carro azul quer virar à esquerda, e o carro laranjado quer seguir reto, em via preferêncial.

se

Neste caso, o carro azul deve aguardar o carro laranjado passar e depois realizar a manobra desejada, nota-se pelas linhas pontilhadas, que se o carro azul virar antes sem a permissão do outro, isto resultará em uma colisão. 
Repare também onde o carro azul deve parar para aguardar a sua passagem, ele fica no meio do cruzamento, pois está na via preferêncial, e seu local de parada correto é este, e observe que tem o carro vermelho à direita do azul, porém, ele está na PARADA OBRIGATÓRIA e não é problema seu.
________________________________________________________________

2º CASO: Ambos os carros querem fazer a manobra para o lado esquerdo em via preferêncial.


Este caso é um pouco mais complicado, pois um (1) dos carros deverá parar e deixar o outro passar, sendo necessário uma comunicação entre seus condutores, esta comunicação pode ser com um sinal de luz do carro ou um gesto com a mão chamando o outro á realizar a manobra, e posteriormente, você realiza a sua manobra. 
O local que deve aguardar com o seu carro é o mesmo que a figura acima mostra, pois se parar no meio do cruzamento, não terá como o outro carro passar. E lembrando que o pedestre que estiver atravessando a rua por onde você for passar com o carro, têm a preferência também.
________________________________________________________________

3º CASO: Conversão à esquerda com parada obrigatória.


Esta é uma situação comum de acontecer, você está com o carro azul em uma parada obrigatória e querendo virar a esquerda, e olha do outro lado da rua e têm um carro também, como a figura acima, de quem é a vez?
  • 1º - A preferência é da via transversal!
  • 2º - O carro do sentido contrário e que passará reto e ao seu lado, têm a vez!
  • 3º - A sua manobra no carro azul está liberada!
  • *** Tomar cuidado com o pedestre por onde você for passar com o varro, pois o direito é dele.
________________________________________________________________

4º CASO: Ambos os carros querem fazer a manobra para o lado esquerdo.


Bem, este caso é o seguinte, antes das manobras, devemos observar a via transversal que têm a preferência.
Depois o caso é bem simples, deve acontecer aquela comunicação entre os condutores, para que passe 1 de cada vez e pronto. 
E reforçando o cuidado que devemos ter com o pedestre, pois ele têm direitos e deveres também, mas devemos analisar a sua fragilidade,  e você dirigindo pode esperar uns segundinhos que não vai mudar muito a sua vida.

domingo, 22 de julho de 2012

Identificando a via!

Você sabe identificar o tipo de via que está trafegando pelas faixas pintadas no chão?
Como saber se uma rua que você está trafegando ou irá trafegar, tem sentido único ou duplo de circulação de veículos?


Estas perguntas são muito importantes pra quem vai dirigir, pois o trafego na contra-mão de direção é resultante em multa de trânsito.Transitar na contramão em ruas com sentido único de circulação - Multa de R$ 191,54.e 7 Pontos no Prontuario, Transitar pela contramão em via de sentido duplo - Multa de R$127,69 e 5 Pontos no prontuario, ou acidente, e veremos aqui como identificar o tipo de via em que estamos ou vamos trafegar.

Existem duas cores que identificam os tipos de vias, que são elas, AMARELA e BRANCA.
As vias de Sentido Duplo de Circulação, são identificadas pelas faixas amarelas, direcionando os veículos no sentido de vai e vêm, como mostra a figura abaixo.


Esta faixa abaixo é chamada de Faixa Continua Dupla, ou Linha Longitudinal Dupla, que indica que é proibido a realização de ultrapassagem dos veículos de ambos os sentidos.


Este modelo abaixo é muito comum de vermos, ele significa que o carro que trafega do lado tracejado pode realizar ultrapassagem, e o que está do lado continuo não pode fazer a manobra de ultrapassagem, isto é comum em subidas.



 A Faixas BRANCAS indicam que a via têm Sentido Único de Circulação e isto servirá de base para a direção que deverá tomar, poderá ser usado como referência os veículos estacionados ou as placas colocadas na lateral da via, placas que você as vê de fundos, é sinal de trafego na contramão.

As Faixas Brancas seccionadas, tracejadas ou pontilhadas, como mostra a figura abaixo, indicam que o motorista poderá realizar a mudança de pista de circulação, indo da direita para a esquerda, ou vice-versa, e é claro, sinalizando esta manobra também.

 No caso de a Faixa Branca ser do tipo Continua, esta realização de troca de pista é proibida, normalmente esta faixa é encontrada próximo a cruzamentos ou curvas que a via apresenta, a figura abaixo representa o momento em que ocorre a restrição e posterior liberação.


 Agora que você já sabe as cores e seus significados, é só cuidar na via e por em pratica os conhecimento adquirido.




domingo, 8 de julho de 2012

Sistema de direção do carro.

A direção ou o volante do carro é o que possibilita manter o veiculo em uma trajetória, fazer curvas e realizar manobras, e o funcionamento correto deste equipamento depende apenas de coordenação motora do condutor, então esta ideia de ter medo de dirigir vai te deixar com o corpo duro, e se você ficar assim, não vai controlar direito o volante, e vou passar uma informações que parecem bobas, mas que são importantes e quem está aprendendo a dirigir talvez não saiba. Uma pergunta inicial, o carro tem 4 rodas, e o volante atua em quais delas?

O volante tem a função de deslocar o carro para a direita ou esquerda, e a formar correta de usa-la é segurando firme mas sem apertar forte as mãos e sem endurecer os braços e ombros, pois precisará do movimento dos braços para virar e desvirar o volante. 

Quando manipulamos o volante, estamos manipulando as rodas do carro também, e o volante direciona apenas as 2 rodas dianteiras, e não as 4 como algumas pessoas pensam, as rodas traseiras acompanham a trajetória das rodas dianteiras e são fixas. Observe no vídeo abaixo, qual é o movimento que o volante provoca nas rodas.



video


Então é este o movimento que você realiza no volante e é executado nas rodas dianteiras, e o carro seguirá a trajetória desejada, porém existe outro giro desta mesma roda, que é a do carro em movimento, então a roda gira 360º e você faz um movimento de leque como mostrou o vídeo. Agora você já tem a resposta da pergunta.

Também  encontramos próximo ao volante na altura do alcance dos dedos 2 alavancas:

1- Na mão esquerda está a alavanca de acionamento dos piscas - Direita/Esquerda. Seu acionamento está ao alcance dos dedos, mantendo assim as mãos ao volante.





2 - Na mão direita está a alavanca de controle do limpador de parabrisas, ou do vidro traseiro.Seu acionamento está ao alcance dos dedos, mantendo assim as mãos ao volante.



Agora você já sabe um pouco mais sobre o carro, e se tiver alguma duvida quanto ao volante, é só pegar o carro parado mesmo e virar o volante para um lado e ir ver o que aconteceu com a roda.