Pages

domingo, 8 de novembro de 2015

Ofuscamento.


Sob ofuscamento, o que devemos fazer?

Esta é uma situação muito comum durante a noite e, uma dica simples e extremamente importante para amenizar ou resolver este problema é, desviar o seu olhar para o bordo da via e orientar-se pela faixa pintada no solo, como mostra a imagem abaixo:


Nesta situação, ao perceber o excesso de luz, desvie o olhar rapidamente e não olhe diretamente para o farol do outro carro, assim passará pela situação sem problema.

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Curta e compartilhe a fanpage no facebook!!


Sinalização de Trânsito.

Particularidades da sinalização viárias.

  Neste post quero falar com vocês sobre uma particularidade de duas placas de sinalização, em especifico a Sinalização de Regulamentação. Nesta sinalização, temos estas placas, R1 e R2, ou seja, a placa de PARE e DÊ A PREFERÊNCIA. Veja a imagem:


Nestas placas, temos aqui algumas características importante sobre elas, que são:

- R1 - PARE: Indica o condutor a necessidade de parada obrigatória do seu veículo,
Art. 208 do CTB - Avançar o sinal vermelho do semáforo ou da parada obrigatória:
Infração - gravíssima (7 pontos na CNH)
Penalidade - multa 
- R2 - DÊ A PREFERENCIA: Indica o condutor a obrigação de ceder passagem ao veículo que circula na via transversal a sua. Esta placa não indica que o direito é seu, mas sim da outra via!
 Art. 215 do CTB - Deixar de dar preferencia de passagem:
 II - nas interseções com sinalização de Dê a Preferencia:
 Infração  - grave (5 pontos na CNH)
 Penalidade - multa
Esta são as informações contidas no Código de Trânsito, e que todo condutor deveria saber, e por este motivo estas duas placas se diferem em formato das demais placas de regulamentação. Seu formato permite identificarmos elas mesmo estado viradas e visualizando apenas de fundos, como na imagem abaixo:


A cor foi mudada, porém o formato, interpretação e finalidade, continuam sendo os mesmos, devendo o condutor respeitar e obedecer! Esta situação de interpretação é muito comum em cruzamentos, quando visualizamos a placa do outro lado da via, para o local provavelmente que seguiríamos, definindo assim um ordem ao condutor, dependendo de qual placa visualizamos de fundos.

O desrespeito a estas sinalizações, alem de gerar multas, podem resultar em graves acidentes e por este motivo estas placas tem este formato diferenciado. Estas placas definem seu direito ou não de passagem, ou seja, na ausência desta sinalização, provavelmente seu direito, levando em consideração a regra da preferência da direita, ou visualizando a placa, a ordem esta explicita!
  
Mais informações sobre a sinalização, podem acessar o link abaixo:

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Conversão à esquerda em rodovias.


Olá pessoal, neste post quero explicar uma situação relacionada a conversão a esquerda, pois existem duas situações relacionadas a ela, uma é a conversão na via urbana e a outra na via rual (rodovias e estradas), e são situações bem distintas.

Tem alguns post aqui no blog falando da conversão a esquerda e seu cuidados e particularidades, porém em rodovias, este é o primeiro sobre este assunto, e vai complementar os demais post e, como de costume, colocarei por situação.

Caso 1 - Conversão à esquerda em vias urbanas:

Art. 38 do CTB:
II - ao sair da via pelo lado esquerdo, aproximar-se o máximo possível do eixo ou da linha divisória da pista (linha amarela), caso se trate de uma pista com circulação nos dois sentido, ou do bordo esquerdo, tratando-se de uma pista de um só sentido.
Parágrafo único. Durante a manobra de mudança de direção, o condutor deverá ceder passagem aos pedestres e ciclistas, aos veículos que transitem em sentido contrário pela pista da via da qual vai sair, respeitadas as normas de preferência de passagem.
 Veja as imagens:




Caso 2 - Conversão à esquerda em vias rurais:

Art. 37 do CTB: Nas vias providas de acostamentos, a conversão à esquerda e operação de retorno deverão ser feitas nos locais apropriados e, onde não existirem, o condutor deverá aguardar no acostamento, à direita, para cruzar a pista com segurança.

Veja a imagem e observe a linha verde, qual a forma de proceder:



sábado, 13 de junho de 2015

Conceitos básicos de uma direção segura e eficiente.



  Neste post, quero passar alguns conceitos básicos sobre uma direção segura, para você que está começando agora neste novo mundo, e que não é fácil e  tão pouco simples, mas que com um pouco de atenção da sua parte, a vida ou melhor, a direção pode ser mais fácil, segue aí umas dicas que vão facilitar sua vida e seu dia a dia neste espaço.

- Conheça o carro que vai utilizar:

  O conhecimento do seu carro ou do que você irá usar tem um papel muito importante no trânsito, pois, com os mais variados modelos e fabricantes, muitos comandos são colocados e acionados de forma diferente do que se aprende na autoescola e com o carro de lá, então é importante conhecer o seu.


Dos comandos:
  • Antes de sair conduzindo o veículo, verifique onde ligar faróis, limpadores de para-brisas, desembaçador traseiro, entre outros comandos que você julgue necessários na condução.
  • Observe também o funcionamento dos freios, se estão funcionando corretamente, e como é o acionamento da embreagem, tipo se ela é baixa, média ou alta, para estar e saber usa-la em uma arrancada em um aclive por exemplo, pois são situações importantes. 

 - Use a sinalização:

  Este é um item que parece que as pessoas estão esquecendo de fazer na vida, a modernidade é tanta e digitar é algo tão normal que usar a seta do veículo é uma aberração, e as pessoas se esquecem que esta comunicação é fundamental para um bom relacionamento no trânsito, então não tenha vergonha de falar ou se comunicar com os outros e sinalize tudo ou qualquer manobra que for fazer! 

  Tudo o que tiver que fazer, sinalize, e cuide para não fazer esta comunicação de sinalização confusa ou errada, pois o que ou quem vier atrás de você irá tomar decisões e atitudes conforme o que você disse, e se não sinalizar, é pior ainda pois o risco de provocar um acidente é o mesmo!c

  No trânsito não existe outro meio de comunicação que não seja a sinalização que existe no seu e em todos os carro e, basta apenas um movimento de seus dedos para que ela seja feita, é algo tão simples e importante e que as pessoas negligencia tanto, veja um gesto de um dedo e o resultado pode ser ou não um acidente! É uma economia que não vale a pena!
- Conheça e pratique as regras de circulação contida no CTB.

  No Código de Trânsito, nós temos um capitulo inteiro falando sobre estas regas, e uma mudança e a lei trouxe foi a obrigatoriedade das aulas teóricas e práticas que veio a trazer o conhecimento técnico prático do nosso comportamento no trânsito, porém há muitos condutores que insistem em descumprir as regras ou até mesmo não as conhecem ou não entendem que o trânsito mudou, e por isto alguns comentem infrações e hoje estão passando por aulas de reciclagem para se atualizarem e passar a entender e cumprir com as regras.
  • Obedeça a sinalização viária: Ela não esta ali para enfeitar a via, tem um propósito claro e objetivo de te orientar, advertir e disciplinar sobre as regras a serem seguidas e, as outras pessoas tomam decisões com base na sinalização e no que devemos fazer com elas, não coloque a sua e a segurança dos outros em risco.
  • Conheça seus direitos e deveres no trânsito: O código define que devemos transitar sem constituir perigo ou obstáculo para os demais elementos do trânsito e, todas as demais regras são derivadas deste preceito.
  • Responsabilidades e consequências dos seus atos: Saiba que para cada ação indevida sua pode ter uma consequência, então respeite as leis de trânsito e respeite os demais usuários das vias, e tenha consciência que o ato de dirigir envolve muito mais que seus próprios interesse e intenções e que pode responder na justiça sobre sua conduta, além de multas, pontos na CNH ou acidentes onde você ou outra pessoa possa se machucar. 
- Saiba onde deseja ir:
  • Onde e quando se posicionar para o seu destino: Este item desempenha um papel fundamental na direção e, principalmente na questão da fluidez da via, pois uma pessoa perdida em uma via movimentada, causa um transtorno enorme, e por isto é importante que saiba a onde vai e antecipe se posicionamento com antecedência, caso perca seu interesse, ande um pouco mais, dê uma volta no quarteirão e retorne ao deu destino, não faça como muitos que param no meio da via e faz aquela bagunça. Hoje temos muitas ferramentas que nos ajudam no deslocamento, porém elas não conseguem prever o que acontece ao seu redor. Pegue e acessem um googlemaps e veja mais ou menos o local que precisa e pontos de referência para facilitar.
- Tempo de deslocamento:
  • Saiba que, se atrasou 5, 10, 15 minutos ou qualquer que seja o tempo, isto irá repercutir no seu compromisso e, não tente tirar o atraso no acelerador, as consequências podem ser piores, entenda que, uma vez atrasado, será o fim atrasado! Deem uma olhada no vídeo abaixo sobre o excesso de velocidade e seus resultados.
  video
  •  Pense nas possíveis e prováveis situações que podem ocorrer no seu trajeto e reserve um tempo para sana-las, exemplos: um pneu furado, um acidente em seu caminho, uma rua bloqueada, trânsito inesperado entre uma série de outras situações, previna-se para não remediar!
- O trânsito e o comportamento dos demais usuários da via:

O trânsito não é composto apenas por "você e seus interesse", temos mais um monte de pessoas e veículos com interesses semelhantes aos nossos. Saiba respeitar o direito dos outros para ter os seus respeitados, obedeça as regras determinadas pelo Código de Trânsito, use o bom senso, item indispensável para uma boa convivência nas ruas caóticas que temos hoje, tente evitar confrontos, discussões ou qualquer outra atitude que possa vir a aumentar os transtornos diários que já temos, segue abaixo algumas informações de auxilio. 

  • Pedestres:
 Lembre-se que você como condutor é responsável pela segurança do pedestre, porém há regras e leis, inclusive o CTB define isto, que estes deveriam cumprir, como, cruzar a via na faixa de segurança, sob sinal favorável, cruzar a via na menor distância possível, etc, mas o que sabemos é que na prática, pouco se preocupam com a sua própria segurança. Então evite problemas para você e procure dar a preferencia sempre que possível ao pedestre, tente prever suas reações e lembre-se que "No trânsito somos todos pedestres"!
  • Ciclistas:
Como os pedestres, existe leis para estes também e a principal é que, se montados são considerados veículos e devem se deslocar no mesmo sentido dos carro e, trafegar na pista de rolamento ao lado direito da via, você como condutor deve manter a distância lateral mínima de 1,5 metros deles, nas conversões, cuidar com o que os ciclista vão fazer, principalmente na conversão à direita, também tenha cuidado pois muitos ciclistas usam fones de ouvidos, o que tira o sentido da audição, diminuindo sua capacidade de percepção, se necessário de um breve toque na buzina. 
  • Demais veículos:
No trânsito você não está só, e a via não é só sua, outros condutores tem interesses diferentes dos seus, então tome cuidado com o que acontece, quem esta a sua volta e o que vai fazer pois, um caminhão não para, muito menos desvia com facilidade e não tem a mesma agilidade que um veículo menor tem, lembre-se também que, nem sempre quem bate atrás esta errado, pois o carro da frente é que pode provocar este acidente, ai a justiça é quem vai resolver, então fica a dica quanto as demais veículos, mas especifico os de grande porte, que apresentam uma dirigibilidade e comportamento diferente dos menores, cuide quando forem fazer conversões principalmente a direita, pontos cegos e as particularidades que estes veículos possuem e quem muitos condutores de veículos menores desconhecem.


segunda-feira, 1 de junho de 2015

Fenômenos físicos que ocorrem nas Curvas.


Para entender as forças físicas envolvidas em uma curva, é preciso conhecer o conceito de sub-esterçamento(sair de frente) e de sobre-esterçamento(sair de traseira).



O sub-esterçamento ocorre quando há perda de aderência das rodas dianteiras do veículo. É mais percebido quando se entra em uma curva com excesso de velocidade. Nesse caso, o condutor não consegue fazer a curva, pois o veículo tende a ir reto. Pode ser agravado quando os pneus não estão calibrados adequadamente, ou a pista está molhada ou com alguma lubrificação(óleo na pista). 
Nesta situação, devemos tirar o pé do acelerado e não acionar o freio bruscamente e manter a direção firme.

video



O comportamento sobre-esterçamento compreende a perda de aderência das rodas traseiras. Isso ocorre quando se pisa no pedal de freio na hora em que se faz a curva. Nessa situação, o veículo tende a jogar a traseira para fora da curva, e há um grande risco de o veículo girar. 
Em geral, é mais comum esta situação em veículos de tração traseira e, para corrigir essa situação, o motorista não pode frear e  tem que virar o volante no sentido oposto da curva para manter a manobra. 




Agora que você já conhece um pouco mais destes fenômenos comum em uma curva e que também pode acontecer com alguns veículo. Percebendo tal situações, mantenha a calma, libere acelerador e freie suavemente e faça uso do volante como o indicado na matéria e nos vídeos.


terça-feira, 19 de maio de 2015

Aula sobre trocas de marchas.

Olá pessoal, esta é uma vídeo aula explicando como deve ser feito passo a passo as trocas de marcha no carro, o vídeo foi gravado com o veículo parado, porém o procedimento é o mesmo, a forma com que irão operar o carro vai ser exatamente esta.




Sucesso no aprendizado de vocês e, qualquer dúvida é só comentar!

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Exercícios de memorização para práticas de direção!



Olá pessoal, estou com este post para passar a vocês uma lista com exercícios de memorização para as aulas práticas. É uma lista com algumas perguntas as quais você pode responder com suas palavras, seve de fixação para o aprendizado, são perguntas básicas e com todo conteúdo que deve ser executado no seu exame.

Sugiro fazer e ler os exercícios periodicamente ou até saber executar tudo e, indico ainda que respondam de uma forma sequencial, tipo: item 1, 2, 3... e assim por diante, vai ser mais fácil seu aprendizado, e terá um resultado melhor e acima de tudo, facilidade!

Segue abaixo o link para que façam o download do exercício:

Clique aqui - PDF

Veja as respostas do questionário no link abaixo:

Veja as respostas AQUI

Primeira aula de prática de direção.


Olá pessoal, segue uma vídeo aula com informações do conteúdo de sua 1ª aula prática, para quem não sabe dirigir, este é o básico a ser ministrada na sua aula inicial.




Sucesso nas suas aulas!

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Informações sobre sinalização.



Saiba o significado das cores e linhas pintadas ao longo das vias, tanto na cidade ou quanto nas estradas, a regra será sempre esta!




segunda-feira, 6 de abril de 2015

Dicas de manobras.

  Olá pessoal, segue ai mais um vídeo para explicar um pouco mais para vocês sobre manobras, noção de espaço e a tão temida baliza, no vídeo tem algumas dicas e cuidados que devemos tomar sempre que vamos manobrar nosso carro, e para quem está começando no mundo da condução, são informações importantes e que vão facilitar a vida!




Sucesso a todos!

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

O aprendizado!


  

  Olá pessoal, este é um post diferente, mas é referente ao aprendizado de direção e, aqui está a explicação do modelo de ensino de adultos, que é o caso da auto escola, é um texto que encontrei na internet e que diz respeito a forma com que o adulto aprende, para isto, o instrutor tem que levar em consideração esta metodologia de ensino e, se adaptar ao padrão de ensino individualizado, pois, no processo de ensino a que  se refere a adultos, não existe um método igual e único que serve para todos, e sim um processo individual onde cada aprendiz precisa ter o seu.
Segue o texto para leitura.

Andragogia (do grego: andros - adulto e gogos - educar), é um caminho educacional que busca compreender o adulto. A Andragogia significa, “ensino para adultos”. Andragogia é a arte de ensinar aos adultos, que não são aprendizes sem experiência, pois o conhecimento vem da realidade (escola da vida). O aprendizado é factível e aplicável. Esse aluno busca desafios e soluções de problemas, que farão diferenças em suas vidas. Busca na realidade acadêmica realização tanto profissional como pessoal, e aprende melhor quando o assunto é de valor imediato. O aluno adulto aprende com seus próprios erros e acertos e tem imediata consciência do que não sabe e o quanto a falta de conhecimento o prejudica. Precisamos ter a capacidade de compreender que na educação dos adultos o currículo deve ser estabelecido em função da necessidade dos estudantes, pois são indivíduos independentes autodirecionados. 
Na Andragogia a aprendizagem adquire uma particularidade mais localizada no aluno, na independência e na auto-gestão da aprendizagem, para a aplicação prática na vida diária. Os alunos adultos estão preparados a iniciar uma ação de aprendizagem ao se envolver com sua utilidade para enfrentar problemas reais de sua vida pessoal e profissional. A circunstância de aprendizagem deve caracterizar-se por um "ambiente adulto". A confrontação da experiência de dois adultos (ambos com experiências igualadas no procedimento ativo da sociedade), faz do professor um facilitador do processo ensino aprendizagem e do educando um aprendiz, transformando o conhecimento em uma ação recíproca de troca de experiências vivenciadas, sendo um aprendizado em mão dupla. São relações horizontais, parceiras, entre facilitador e aprendizes, colaboradores de uma iniciativa conjunta, em que os empenhos de autores e atores são somados. A metodologia de ensino e aprendizagem fundamenta-se em eixos articuladores da motivação e da experiência dos aprendizes adultos. 
Nesse processo os alunos adultos aprendem compartilhando conceitos, e não somente recebendo informações a respeito. Desta coexistência e participação nos processos de decisão e de compreensão podem derivar contornos originais de resolução de problemas, de liderança, identidades e mudanças de atitudes em um espaço mais significativo. 
Em classes de adultos é arriscado assinalar quem aprende mais: se o professor ou o estudante. Na educação convencional o aluno se adapta ao currículo, mas na educação de adulto, o aluno colabora na organização do currículo. A atividade educacional do adulto é centrada na aprendizagem e não no ensino, sendo o aprendiz adulto agente de seu próprio saber e deve decidir sobre o que aprender. Os adultos aprendem de modo diferente de como as crianças aprendem. Portanto é essencial que os métodos aplicados também sejam distintos. A finalidade é o de propor como o adulto aprende, não avaliar sua capacidade de aprendizagem. A aprendizagem procede mais da participação em tarefas , do estudo em grupo e da experiência. O papel do educador é facilitar a aprendizagem, enfatizando, nesse procedimento, a bagagem de informação trazida por seus educandos. 
Ref: Gabriel Perissé 

Autora: Amelia Hamze 
Educadora 
Profª UNIFEB/CETEC e FISO - Barretos



Fonte

sábado, 7 de fevereiro de 2015

Regras de Direitos e Deveres do condutor.


 Olá pessoal, mais um post para ajudar vocês que estão em processo de habilitação ou que já adquiriram a sua mais ainda continua perdido com esta situação em especifico. Conforme a imagem abaixo, típica de um cruzamento comum, quando se está trafegando, a primeira e mais importante informação é, saber se é seu direito de passagem ou dever de parada, quem vai determinar isto é a sinalização de trânsito, esta é feita pela prefeitura ou o órgão que tenha a jurisdição sobre a via, e caso esta sinalização não esteja presente, é seu direito solicitar a instalação da mesma junto a este órgão. 



Conforme o indicado na imagem, esta é a via preferencial e, a que esta a Kombi branca é parada obrigatória, visto que não há sinalização na via de linha amarela continua. Temos nesta via preferencial nesta via, se estiver trafegando por ela, as seguintes situações:
  1. Seguir em frente.
  2. Virar à direita.
  3. Virar à esquerda.
E com base nestas informações, na imagem abaixo e nas linhas marcadas de verde e vermelha, devemos tomar os cuidados a seguir:
  • Se for virar à direita ou seguir em frente, é seu direito e passagem livre (linha verde).
  • Se for à esquerda, aí temos que cuidar com quem vem no sentido oposto, pois, você irá cruzar a frente do outro carro, ou seja, cruzar a linha amarela como mostra a faixa vermelha na imagem abaixo.


  • Neste caso então, você tem o dever de aguardar o trânsito deste espaço, os usuários aqui podem ser: Pedestres = Ciclistas = Motociclistas = Carros, etc.
Ou seja, a regra básica é, vai cruzar a frente do outro veículo? Aguarde então! Esta é a conduto correta a ser tomada, porém, se o outro lhe ceder a passagem, faça-a com muito cuidado e atenção.